Descubra as crenças que te impedem de ganhar dinheiro

por JAQUELINE SALLES
17 de março de 2021
1 Comentários
Descubra as crenças que te impedem de ganhar dinheiro

Muitas vezes, não conseguimos o que queremos porque não sabemos o que queremos. Se você está casada e, no seu mundo ideal está solteira, é que quer ser solteira. Se está em uma empresa se imagina trabalhando fora, é porque quer trabalhar fora. E todo detalhe conta. Inclusive suas crenças.

Dependendo da roupa como você se viu, por exemplo, pode ser um sinal. Se você se viu como uma executiva, então, é que quer ser uma executiva, se estava com roupas de empreendedora, então, é que quer ser uma empreendedora. Se viu filho, é que deseja filhos. Ainda que seja preciso enxergar além da mensagem.

Por isso, enxergar o que queremos é um exercício de autoconhecimento.  Pode ter se visto com um bebê, mas não quer ter mais filhos e isso pode significar a vontade de renascer. Nem sempre o que você viu no “seu dia perfeito” é uma ideia que pode ser entendido literalmente.

Então, é preciso desenvolver para entender, exercitar essa capacidade. Se você quer desenvolver os músculos, então precisa ir na academia. Entender o que quer e desvendar isso é como ir na academia, só vai fazer diferença se você continuar fazendo.

Portanto, se você viu a importância de cultivar e qualificar seus pensamentos, precisa dar continuidade ao processo, nutrir com qualidade seus pensamentos. Construir sua realidade e seu dinheiro.

Ouro puro da Jaque
Áudios de ouro puro pra você.
https://t.me/portaljaquelinesalles

Seu pensamento impacta sua vida

Pensamento é energia, principalmente, pois tudo que você não vê é energia. Isso fica ainda mais claro quando você tem a certeza de que o pensamento materializa algumas coisas.

O que você pensa se materializa na sua vida. Se você gosta mais de sorvete de flocos do que chocolate, então vai comer mais sorvete de flocos. Se gosta de praia, então é muito mais fácil que você sinta apreço por lugares de praia e acabe escolhendo praias para viajar.

Seu pensamento se alinha com seu sentimento e seu sentimento se alinha com sua atitude. Portanto é preciso fazer a mudança para que exista essa transformação.

Importante ficar sempre presente para essa ideia, e nunca esquecer que você muda e, então, as pessoas mudam também. Por isso, é preciso ter responsabilidade e não cair na armadilha do autoconhecimento.

Existe um perigo de você achar que sabe mais do que os outro, começando um embate com as pessoas próximas a você por achar que sabe mais do que elas. E mais importante, não force ninguém a mudar, lembre-se que estamos falando de desenvolvimento pessoal, consequentemente, ele é “pessoal”, só seu.

O importante é criar crenças para você, não baseadas naquilo que quer que os outros façam ou sejam. Faça seu trabalho de transformação que o resto vem com você, mas não force nenhuma barra.

O que são as crenças?

As crenças são o acúmulo dos pensamentos. Se você pensa em algo, entra nessa energia e atrai isso para sua vida. Muita gente confunde lei da atração com sorte e azar, então não cai nessa crença.

Quando você crê em “usar a lei da atração para ganhar na loteria”, está indo pelo caminho errado. A lei da atração é frequência, isso porque ela não quer trocar, já que o universo não troca.

O que realmente precisamos trocar são as crenças financeiras e fazer isso para ganhar dinheiro. Existe um oculto que está bloqueando você de almejar o que deseja, então é preciso sair dele.

Suponha que você diga “eu quero mais dinheiro”, imagine quantas vezes você diz isso em seu dia. Ainda pode ter a crença do “estou cansada de não ter dinheiro”, e esse é um velho pensamento.

É isso que no fundo você pensa, mas é um pensamento incompatível com a frequência de ganhar dinheiro. Para você ter o que você deseja, ou você aumenta a qualidade de sua crença ou diminui a intensidade de seu desejo.

Imagine que você quer se inscrever em um curso, tem um desejo, você precisa aumentar a intensidade da sua crença. “Eu já me sinto dentro daquele curso” ou “Eu sinto minha intuição e vou”, isso é aumentar o seu desejo.

Nós escolhemos isso, tanto de um lado, quanto do outro, por isso escolhemos também diminuir a intensidade de seu desejo. “Acho que não vai dar”, “será que é para mim mesmo?”, “e se não tiver outra?”, “talvez as mulheres lá sejam melhores que eu”, como se você não mais acreditasse em você.

Você deve aumentar a qualidade da sua crença até entrar na “qualidade vibrática”. “Se eu me planejar bem eu posso fazer um bom dinheiro”, por exemplo, aumenta a qualidade da sua crença. “Eu estou muito feliz porque eu sei que eu crio a quantia do meu dinheiro” joga sua crença ainda mais para o alto. Essa crença é mais compatível ao seu dinheiro

Toda vez que se vê pensando em algo que diminui a qualidade de sua crença, imediatamente troque. O “eu não consigo” é uma crença de baixa qualidade, então tudo ligado a ela atrapalha a sua criação de dinheiro.

As crenças baixas

Quero ganhar dinheiro com facilidade, a crença baixa é “tenho a sensação de que é difícil ganhar dinheiro”. Essa crença baixa é “vibratilmente” incompatível com o desejo. Portanto “eu procuro trabalhos que me dão mais dinheiro” e “eu me sinto valorizada”, aumentam um pouco a qualidade da crença. E quando ela aumenta, começará a ver evidências.

“Estou contente, porque sei que tenho habilidades de fazer mais dinheiro”, por exemplo, sobe muito na “escala vibrátil” da crença.

Mas não são só palavras que a gente muda, isso é um hábito.

O dinheiro não tem sentimento

Você deseja se sentir bem por ter dinheiro. Todo mundo deseja se sentir bem por ter dinheiro. E isso é um desejo ótimo.

Se você não se sente bem por ter dinheiro, você repele esse dinheiro. Quantas vezes você não se sente bem e aí o dinheiro vai embora?

“Eu escutei as pessoas dizendo que dinheiro não traz felicidade” é uma crença comum e de baixa qualidade, que não entra na frequência. “Já vi pessoas ricas e felizes, conheço pessoas pobres e amarga e vice-versa”, você precisa descobrir que a felicidade não tem nada a ver com o dinheiro e então aumenta a qualidade da crença.

O dinheiro é apenas uma ferramenta neutra, é o que se faz com ele que é a resposta. “Acredito que o dinheiro é libertador, ele me permite ser generosa com todas pessoas” , por exemplo, aumenta demais a qualidade da crença.

Muito dinheiro não dá problema, não existe isso. Se você tem muito dinheiro, você iria ajudar as pessoas. Quando você pode ajudar, quer muito dinheiro para ajudar.

Crenças que lhe impedem de se livrar das dívidas

Você precisa melhorar suas crenças ligadas a dívidas. Seu desejo de “quero eliminar as dívidas” precisa melhorar e entrar em frequência.

E nunca diga “minhas dívidas”. Não faça isso, porque o ser humano tem o ardor do pertencimento, se falar “minha”, a dívida te pertence e não sairá de você.

“Não aguento mais dever”, “tenho tantas despesas com minha família que não sobra para mim”, esses são velhos pensamentos incompatíveis com o seu desejo. “Eu aprecio ter crédito, é um sinal de que eu posso pagar” melhora bastante sua crença.

“Alguns dos indivíduos mais ricos do planeta também devem”, além de melhorar a qualidade de sua crença, é ainda bom para você parar de achar que só pobre deve. A diferença é que pobre se preocupa com a dívidas. Portanto a questão não é a dívida, mas como você lida com isso. Como você cria mais dinheiro do que tem que pagar.

E por fim, deixe o “não” de lado. Sua vida não pode ser baseada naquilo que você não quer. Deseje o que quer, construa seus desejos a partir daquilo que deseja. Quanto melhor você sabe o que quer, mais fácil entrará nessa frequência.

Deixe seu comentário
*O comentário só é liberado após ser verificado pelo administrador.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comentários

ELIANE LOPES DOMINGUES 24 de abril de 2021

Adoroooooo essas afirmação de dinheiro.
Sou NP e estou aqui para receber valiosas quantias de dinheiro !
Eu aprecio ter créditos é sinal que tenho como pagar!