Entrevista com a MEGA formadora de coaches e mentorada do Maestria em Coaching: Claudia Negreiros – Palestrante do Academy 2017

Claudia Negreiros

O nosso evento anual está chegando. E pra começar a entrar no clima, vou fazer uma série de entrevistas com os palestrantes do evento.

A primeira delas será com a incrível formadora de coaches Claudia Negreiros, nossa mentorada do Maestria em Coach.

Vamos lá?

Jaqueline: Olá. Hoje eu estou aqui com uma pessoa muito especial. Uma das maiores coaches do Brasil, se não a maior. De repente a gente pode até dizer que é a maior.

A Claudia já formou centenas de coaches. Então, tem muita gente que está aí no mercado que passou já pelo coaching com a Claudia, sendo formado ou fazendo parte da turma de mentoria dela.

É uma pessoa extremamente competente no que faz e, principalmente, é, ao meu ver, que eu sou até suspeita de falar, mas eu vou falar, ela é alguém extremamente comprometida com o que eu chamo de filosofia do coaching. Que é o coaching de raiz, o coaching transformacional e não só o coaching de resultados.

E hoje a gente vai falar um pouco sobre isso. Então, estou aqui hoje e quero que você a conheça, se você ainda não conhece. Se você já conhece, vai conhecer um outro lado e, se você ainda não conhece, precisa conhecer a Claudia Negreiros. Então Claudia, tudo bem?

Claudia: Tudo bem, Jaque. Prazer estar aqui com você. Muito obrigada pela oportunidade.

Jaque: Então, hoje você vai conhecer melhor a outra vida da Claudia. A Claudia também como pessoa. Ela faz parte da nossa turma.

A gente tem uma turma de mentoria aqui no Coaching in Rio que é a Maestria em Coaching. A Claudia está aqui com a gente já há alguns meses participando da turma, expandindo a consciência de negócios dela e, principalmente, fazendo parte também de transformar esses coaches da turma.

Porque a Claudia, quando ela veio, eu fiquei super feliz. Uma pessoa com tanta expertise, com tanta competência, com tanto conhecimento e com uma estrada tão grande. Ela também agrega muito valor aos outros coaches que estão aqui no Maestria.

Então, quando você tem um grupo de pessoas dispostas a fazer o melhor, a estar com o melhor, ter uma pessoa com tanta relevância no mundo do coaching realmente é uma dádiva para mim e para quem participa do Maestria em Coaching.

Claudia, eu quero saber de você agora o seguinte: como você enxerga o mercado de coaching no Brasil, sendo que você formou tantos coaches e agora você é mentora de coaches.

Você viu os coaches nascerem e agora está vendo eles se desenvolverem. Como você enxerga o mercado de coaching no Brasil?

Coaching in Rio

Claudia: Eu enxergo o mercado como um mercado muito promissor. Quando as pessoas fazem a sua primeira formação em coaching é bem interessante porque elas começam a perceber que muita gente é coach.

E aí elas falam: nossa, agora parece que todo mundo é coach.

Porque ela começa a fazer parte de um novo grupo, de uma nova classe profissional e vai interagindo com as pessoas e percebendo que existem muitos coaches, sim. Entretanto, nós ainda temos muito espaço no Brasil para ter muitos profissionais.

A grande questão é que nós temos muitos profissionais formados, porém não atuantes. Porque nós sabemos que os coaches podem atuar em tantas áreas da vida e ajudar tantas pessoas a alcançarem seus objetivos, desenvolverem seus relacionamentos, sua qualidade de vida. Enfim, são infindáveis as possibilidades.

Mas a grande maioria se entusiasma, se forma e para por aí. Ela não vai em frente. Muitos acabam aplicando no seu trabalho, muitas lideranças acabam aplicando dentro do seu negócio, da sua empresa, mas o percentual de pessoas que realmente se tornam coaches profissionais e vivem de coaching é muito pequeno.

Eu me lembro que em uma das formações que eu fiz o trainer falou o seguinte: apenas 1% de vocês vai viver de coaching. E a plateia se chocou com essa informação. Eu não diria que é 1%. Eu percebo que é mais do que isso. Mas não é muito mais do que isso.

A grande questão é que, como eu, o que aconteceu comigo… Eu fiz a minha primeira formação, minha segunda formação, minha terceira formação e eu pensava: eu tenho que chegar no master, eu tenho que chegar no master!

Por que? Eu pensei que quando eu tivesse o título de Master Coach, então, iria chover de clientes para mim por conta da minha titulação. E eu fui até o Master Coach. E qual que foi a diferença disso na minha carreira, no meu faturamento como coach? Nenhuma.

Claudia NegreirosEu agreguei tanto conteúdo de coaching para ajudar as pessoas, mas conteúdo para eu empreender enquanto coach nenhum. E aí eu saí sabendo fazer o coaching, mas eu não saí sabendo vender o coaching, viver de coaching.

Então, por isso que eu acredito que nosso mercado hoje é altamente promissor para os coaches que são coaches, tem conteúdo de coach, mas também sabem ser empreendedores no coaching.

Jaque: Muito bem. Isso também aconteceu comigo. Mas eu acordei antes de fazer o Master. Eu acordei um pouco antes e depois eu percebi que realmente a gente precisa de outras expertises. Precisa de outros conhecimentos que impactam também no nosso conteúdo como coach.

É o que a gente fala muito no Maestria: se você dedica uma hora do seu dia, uma hora do seu mês, uma hora da sua vivência para se dedicar ao estudo do conteúdo, para praticar o conteúdo, você precisa dedicar também uma hora para o seu marketing, uma hora para as suas vendas, uma hora para o desenvolvimento do seu negócio. Isso precisa ser muito equilibrado.

Então, eu quero te perguntar agora: Quando foi que você virou essa chave? O que aconteceu na sua vida para você perceber que precisava desenvolver outras expertises para ser uma coach realmente com a agenda cheia, para ter pessoas interessadas no que você estava desenvolvendo?

Claudia: Então, bem no início da minha carreira, desde o início, eu fui procurando mentores. Mas eu procurava mentores focados no conteúdo, em como atender bem com o coaching. E não em aprender a parte do empreendedorismo, do negócio de coaching. E essa ficha, de maneira bem específica, ela foi cair mesmo no início deste ano (2016). Por que?

Eu tinha uma sociedade e eu tinha uma empresa. A gente trabalhava muito com coaching e com treinamentos. E nós encerramos a sociedade, cada uma foi seguir a sua carreira e eu decidi por focar somente no coaching e no online. E aí quando eu comecei a pesquisar… Eu me lembro claramente que isso foi no mês de janeiro…

Eu comecei a pesquisar sobre isso na internet, me encantei com isso tudo, vi que era uma coisa muito bacana, mas eu não sabia nada.

E aí eu pensei: preciso de um nome legal para esse trabalho. E joguei no Google coachtório. E apareceu a coachtoria. E apareceu uma tal de Jaqueline Salles lá. E eu pensei: mas como assim, alguém já pegou esse nome? Que interessante! Quem é essa tal?

Eu fui pesquisar a Jaqueline Salles. Eu percebi que não sabia nada desse mundo do empreendedorismo e quando eu entrei no canal da Jaque no Youtube, eu vi lá um aluno meu, antigo aluno meu que se formou comigo, o Tirone. Tirone Duarte.

Ele se formou comigo na primeira formação de coaching que eu dei no Mato Grosso. E aí eu pensei: poxa vida, o Tirone está aqui dando um depoimento falando do trabalho com a Jaqueline Salles, ela é mentora e ele elogiando. E eu tenho um profundo respeito por ele. É uma pessoa que eu realmente admiro demais.

E eu pensei: bom, se o Tirone está falando, eu acho que eu posso dar um voto de confiança para essa Jaqueline. E aí foi que eu entrei em contato com a Jaque e insisti muito em fazer o processo individual, me lembro disso. Mas a Jaque me recomendou que era muito mais interessante o trabalho de grupo para que eu no Maestria pudesse aprender a fazer negócio online, atender como coaching. E foi o que fizemos.

E foi uma coisa muito, muito bacana. Graças ao depoimento do Tirone, a gente construiu essa história no decorrer de todo este ano.

Jaque: Muito legal relembrar dessa história porque também é um conteúdo para você que está assistindo a gente. Eu vejo que muitos coaches iniciantes, não só os iniciantes, mas os que já estão na estrada há algum tempo, desprezam. A palavra é essa mesmo. Eles desprezam os depoimentos das pessoas que já passaram pelos processos com eles.

Então, é importante que você tenha. Por que é importante ter o depoimento das pessoas? Porque acontece exatamente isso que a Claudia passou. Você vai se tornar mais confiável porque o depoimento é algo que tangibiliza o teu conhecimento.

O coaching é intangível, né Claudia? É intangível. Não tem como você tangibilizar, porque é uma conversa. É algo que não pode ser encaixotado. O depoimento é como se fosse a sua vitrine na sua loja de coaching. Mais ou menos isso. Então, é importante que você tenha.

Você que é coach e está começando, já começou e que já está aí na estrada há algum tempo, é importante que você tenha catalogado. Se você não puder todos os seus depoimentos, pelo menos alguns ou os principais.

É uma forma de você atrair também pessoas interessadas em fazer coaching com você. E mediante o que a Claudia falou também, tem um outro aspecto que é o de você estar na internet. A gente trabalha muito isso no Maestria, de você estar ali. Porque a internet é um mundo, é como se fosse um shopping vamos supor.

Coaching in Rio

Todo dia milhares de pessoas, a gente já fez essa conta no Maestria, acho que são 250 mil pessoas, procuram por coaching no Brasil no Google. E essas pessoas encontram o que? Escolas de coaching. Legal, tudo bem. Mas elas também precisam encontrar os coaches.

Os coaches precisam estar ali. Ou no Facebook ou no Google, realizarem formas de estarem ali presentes para serem vistos e serem encontrados, principalmente serem encontrados e atraídos pelas pessoas.

É importante também você saber que você pode estar na internet, você deve estar na internet. E não é tão difícil assim como as pessoas pensam. Às vezes, a gente pensa: caramba, isso é muito difícil. Eu não sei.

Só que eu observo também, e isso acontece muito todos os dias, as pessoas falam assim: Jaque, é muito difícil, eu não sei fazer, eu não sei por onde começar. Mas ao mesmo tempo eu não vejo essas pessoas que dizem que é muito difícil sentar ali por cinco horas para fazer.

Sabe, a pessoa diz: Jaque, é muito difícil. Tá, mas quantas horas, quanto tempo do seu dia, do seu mês, do seu ano você sentou, literalmente, sentou para fazer o que você está dizendo que é difícil fazer?

A gente apenas pensa que é difícil. Eu sei porque isso acontece comigo também. E aí, a gente descobre e chega a rir da gente mesmo. “Caramba, mas é só isso que eu precisava fazer?” Então é interessante. E o importante também é você estar ao vivo, estar presencial. Você tem que ter um posicionamento na internet? Tem. Mas estar presencial é importante para as pessoas verem que você existe mesmo.

E é por isso que eu a convidei, não poderia deixar de convidar. Até mesmo porque foi uma criação dela. No início, a gente falava pro Maestria, ela criou isso de estar comigo presencialmente aqui no Rio, estar com você também.

A gente vai ter dois dias aqui no Rio, dias 21 e 22 de janeiro, onde a gente vai falar muito sobre atração, sobre vendas. A Claudia vai falar sobre perguntas poderosas, que é uma das grandes especialidades dela, que é o atendimento de excelência, o atendimento com maestria. E ela vai estar presencialmente e você vai ter a oportunidade de encontrar com ela ou de reencontrar.

De repente, algum coach foi formado por você, de encontrar ou reencontrar com ela, de conhecer melhor a história dela. E porque que é importante você estar ao vivo com os coaches? O que eu observei nos últimos anos orquestrando o Coaching in Rio: Você sabia que os coaches quando estão, você sabe disso muito melhor do que eu, mas a gente quando está na presença, a gente fala coisas que não falaria na internet? Não é assim?

Claudia Negreiros

Eu falo, eu conto histórias, eu conto técnicas presencialmente que eu não falaria na internet. Por que? Porque a gente se solta mais. Então, quem vier para a Academy vai ter acesso a técnicas, a sacadas e segredos mesmo. Eu posso usar a palavra segredo porque você jamais teria acesso se você só tivesse assistindo a gente em um vídeo, vídeo aula ou um webinário. Não é isso? Você tem essa percepção também?

Claudia: Com certeza, Jaque. Acontece muito porque, ao interagir, as pessoas mencionam as ideias, as dúvidas, as contribuições e aí a gente mesmo vai relembrando os conteúdos e percebendo: puxa, mas isso aqui é muito pertinente nesse momento.

Muitas vezes, a gente nunca programou aquilo. Por isso que o presencial é muito mais rico de informação para os nossos sentidos. Para que as nossas memórias aflorem e a gente possa contribuir mais.

A gente fala muito disso aqui também, né Jaque? Que vem tanto conteúdo, tanto conteúdo que muitas vezes a gente tem que dar uma respirada porque as pessoas precisam absorver também. Não dá para derrubar tudo de uma vez só. Mas no presencial o bacana é que a gente vai ponderando isso, vai sentindo, vai reavaliando, vai entregando, vai deixando isso sedimentar.

Jaque: Com certeza. Eu também tive uma experiência, tem uma técnica que eu já passei para vocês, a do funil, que a gente sempre fala no Maestria. A técnica do funil, de você observar o funil, que tudo na sociedade é um funil e tal. E essa questão do funil, Claudia, eu fiquei praticamente três anos estudando na internet o que era o funil. E eu não conseguia entender o que era.

E eu não sei se me considero uma pessoa muito inteligente porque eu não conseguia entender o que era funil. Um explicava, o outro explicava e eu fui para várias palestras online e não consegui entender. Eu fiz um curso presencial em São Paulo esse ano e em uma hora eu entendi o conceito que eu estava já há quase três anos para entender.

Então, esse é um dos motivos que eu gosto também de fazer evento presencial, gosto de produzir, gosto de estar na presença. Porque você aprende aceleradamente. Então, eu acredito que, em dois dias, quem garantir a vaga no Academy, em dois dias vai aprender o que não aprenderia em 10 anos. Eu acredito realmente, piamente nisso porque acontece comigo.

Não somente porque vocês, especialistas, compartilham segredos, técnicas que não compartilhariam no online, mas também porque a gente tem uma percepção muito maior do que está sendo dito. A presença é tudo. Presença física, o olhinho no olhinho, é muito legal.

Então, a Claudia vai estar. Claudia, fala um pouquinho de como vai ser a sua apresentação aqui para a gente, o que você vai falar, o que você espera também encontrar no Coaching in Rio Academy.

Faz um convite para o pessoal vir. E para você reservar sua vaga, clique nesse link para você fazer sua inscrição, sua reserva, e também adquirir todos os bônus e já começar o seu treinamento imediatamente. Então, Claudia, conta para a gente o que você vai aprontar aqui no Academy.

 

Claudia: Legal. Tem uma coisa muito bacana que eu não sei se as pessoas já perceberam com relação ao Academy. Esse programa está contemplando dois eixos fundamentais do coaching. Um deles é o negócio de coaching. Como vender, como prospectar, como fechar a venda, como criar a proposta, etc.

coaching-in-rio-2

E o outro é a parte da entrega do que foi contratado. Do resultado ou da transformação, melhor ainda, que é o como atender. Que tem algumas manhas para a gente atender e para a gente garantir resultados no coaching. E essa é a parte que eu, com muito gosto, com muito orgulho, vou trazer aos participantes.

Eu criei um método chamado Perguntas Poderosas Para um Mergulho Profundo no Coaching. O método para o coach aplicar em uma sessão de coaching ou até mesmo em uma conversa informal. E ele vai trazer para o coach a possibilidade de atender sem nenhum roteiro estruturado, complexo, tendo que decorar muitas coisas e ter tudo aquilo na mente, ficar todo atrapalhado porque não sabe o que vem antes e o que vem depois.

Ele é extremamente simples, mas dá ao coach a possibilidade de gerar transformação no seu coachee, que vai muito além do resultado contratado. E ela é extremamente simples, é um método muito simples. Claro que isso foi resultado de quase uma década de experiência com o coaching. Mais de duas mil horas atendendo pessoas, formando pessoas em coaching, atendendo com mentoria.

Isso tudo foi se condensando nesse método que eu vou contar aos participantes. E além disso, também tem algumas coisas fundamentais que não podem faltar no processo de coaching para que o coach mesmo não sabote o resultado do processo, para que o coach não dê uma de inocente no processo e depois se arrependa de não ter feito coisas lá no início, que são coisas que vem da experiência, né Jaque?

Essas coisas não estão ditas claramente por aí, não estão nos livros. Isso vem da experiência e esse momento presencial é o momento para a gente compartilhar essas coisas bem especiais. Bem especiais mesmo para quem está ali.

>>Reserve aqui sua vaga para estar com a Claudia AO VIVO<<

Jaque: Olha, sinceramente, nem eu sabia que ia ser assim. Nem eu estava sabendo. Porque, em relação ao atender, porque eu inclui atender no Academy. Ano passado, a gente não falou de atendimentos. Foi um dia só, a gente só falou de atração e vendas. Mais de venda do que realmente de atração.

Esse ano eu inclui atração, vendas e atendimento. Porque o atendimento está intimamente ligado a atração. Quando você está atraindo as pessoas, você já está atendendo essas pessoas em algum nível. Você já está transformando essas pessoas em algum nível. E quando você tem um método de atração, você já tem um método de atendimento.

Porque você já entrega ali personalizadamente o que a pessoa está procurando. Então, ter esse método, um passo a passo, de forma simples já para você só repassar, que é isso que a Claudia vai trazer no Academy, gente, é fundamental.

Olha, se eu tivesse isso no início da minha carreira, eu não sei onde estaria hoje. No início da nossa carreira, né Claudinha, não tinha nada disso. A gente teve que fazer, nós tivemos que fazer. Então, você que está aí, você é um privilegiado. Porque você vai ter acesso às maiores mentes do coaching no Brasil ali presencialmente.

Você vai poder conversar, vai poder falar, vai poder fazer perguntas. O presencial e o vivencial realmente não tem preço, tem valor. Então eu espero verdadeiramente que você não perca essa oportunidade, que você garanta agora mesmo sua vaga neste link.

É altamente recomendável para o coach que quer atrair, vender e, principalmente, levar um resultado mais que esperado. Essa é a grande especialidade da Claudia. Ela consegue treinar o coach para que ele leve um resultado mais do que o esperado para o coachee. É isso então?

Eu agradeço aqui a presença nobre da Claudia Negreiros, por ela ter aberto esse tempo na agenda para me atender. Porque, às vezes, eu tenho que contar uma coisa para você. Às vezes, os coaches não tem tempo para mim. Então, obrigada Claudinha por você ter dito sim para estar na Academy, por você estar com a gente na Maestria, por você estar tão envolvida em fazer os coaches cada vez melhores. Muito obrigada mesmo.

Claudia: Obrigada, Jaque, pela oportunidade. Minha expectativa está altíssima para estar lá com esse povo todo, outros iguais, na relação. Obrigada.

Jaque: Olho no olho. Vai ser bom também a gente se dar um abraço, né Claudinha? Depois de um bom tempo de trabalho juntas. Vai ser muito bom a gente se dar um abraço, a gente se conhecer pessoalmente. Não tem preço. Gente, obrigada você que ficou até agora aqui nos assistindo e eu espero realmente que esse vídeo, que esse conteúdo tenha sido de grande valor para você, essa é a nossa intenção.

E que você garanta já, garanta agora a sua vaga no Coaching in Rio Academy nos dias 21 e 22 de janeiro aqui no Rio de Janeiro. Vem com a gente porque eu tenho certeza que você vai encurtar em 10 anos sua curva de aprendizado no mundo do coaching, sua curva de aprendizado no mundo dos negócios de coaching e, principalmente, a sua curva de aprendizado de entregar o melhor resultado para aquela pessoa que investiu em um processo de coaching com você.

Claudinha, obrigada. Até a próxima. Obrigada pessoal.

Estamos te esperando!

 

 


Deixe Aqui o seu comentário:

Você também pode gostar