[O Guia] Dicas de Expressão Corporal do Coach de Sucesso

A expressão corporal é de extrema importância para que o Coach conquiste clientes e faça com que eles tenham mais resultados.

A sua expressão e postura durante as sessões são tão importantes quanto a ferramenta que você aplica.

A iluminação da sua sala, seu áudio, o ambiente seguro sem interrupções, a pontualidade são detalhes extremamente importantes na hora de entregar o resultado que o seu cliente investiu para receber.

O ambiente de atendimento pode ser a dádiva ou a maldição do seu processo de Coaching.

Busque criar um ambiente onde tudo corra muito bem e assim o rapport e a interação serão naturais e irão facilitar e muito o seu atendimento.

Por isso, no artigo de hoje, eu vou te mostrar algumas dicas de expressão corporal que são essenciais pra que você possa atender mais efetivamente e assim entregar resultados acima da média.

Vamos lá?

Primeira dica de expressão corporal: Olhe as pessoas nos olhos e dê um leve sorriso

Olhar as pessoas nos olhos remete confiança e admiração, o que gera conexão e rapport mais rapidamente.

Essa ação deve acontecer tanto ao conhecer e reencontrar pessoas quanto no início das sessões.

Sua mensagem vai para onde sua voz vai e a sua voz vai para onde os seus olhos mandam ir. Contato visual gera confiança.

Sorrir faz com que você pareça feliz e confiante.

Se sorrir espontaneamente for um desafio para você, diga baixinho ou pense a palavra ótimo três vezes e sorrir será natural.

Nunca fale para as pessoas sobre suas características físicas. Exemplo:

“Nossa, você engordou” ou “olha como você emagreceu”.

Num ambiente social, evite perguntar por pessoas ausentes logo no começo da conversa. Afinal de contas, você não sabe o que aconteceu.

Exemplo:

“Onde está seu marido que não veio?”

Ou: “Cadê aquela sua melhor amiga ou sócia?”

São perguntas que podem gerar estresse e desconforto na outra pessoa.

Fale sobre o tempo, sobre o lugar que vocês estão, sobre o clima, sobre o trabalho, mas nada de assuntos pessoais ou que se referem aos ausentes.

Se engana o Coach que pensa que tem que ser Coach somente no coachtorio. Lembre-se que o seu marketing pessoal é o que traz recorrência de coachees para você.

Seja discreto ao encontrar as pessoas socialmente. A indiscrição envia uma mensagem que você não é confiável e essa impressão impede que as pessoas indiquem o seu trabalho.

Claro, você pode relaxar e ser autêntico mas com classe, elegância e moderação.

Segunda dica de expressão corporal: Adapte-se: use a técnica do espelhamento

Nós nos tornamos confiáveis e relaxados com pessoas que são como nós. Sincronize sua linguagem corporal com os outros para efetuar uma conexão imediata.

Se você for atender presencialmente, certifique-se que as cadeiras, tanto a sua quanto do seu coachee, são iguais, idênticas. Cuidar da psicogeografia no atendimento é a base de uma sessão transformadora e ao mesmo tempo fácil de conduzir.

Quanto ao espelhamento:

Nos primeiros minutos da sessão, o Coach deve se manter no que eu chamo de postura 3×4, como nessa foto:

Expressão corporal: postura corporal

Seja a sessão presencial ou online, os primeiros minutos precisam ser assim e depois você passa a espelhar o coachee de forma natural.

O Coach não deve fazer:

  1. Se encostar na cadeira, assim:

Expressão corporal: encostada

Essa é uma posição que gera desconexão porque demonstra desinteresse.

  1. Se mexer em demasia

Expressão corporal: se mexer muito

A movimentação do Coach quebra o rapport

  1. Virar o rosto para o outro lado:

Expressão corporal: virar o rosto pro lado

Essa postura demonstra que você tem outras prioridades naquele momento, o que também quebra o rapport e, por consequência, a confiança.

Com os movimentos corretos e orquestrados, você captura o bem mais valioso de um Coach: a confiança do seu coachee.

Use uma linguagem sensorial rica nas suas sessões, com visualizações, conte histórias, use imagens e seja a principal imagem do futuro onde o seu coachee deseja chegar.

Faça o coachee sentir o cheiro, o gosto e todas as sensações em alcançar a meta desejada. Isso passa pela sua postura.

Lembre-se que a sua postura tem a ver com o resultado da sua comunicação e tudo isso está envolvido com o resultado final do seu coachee. Você é 100% responsável pela sua comunicação ser falha ou não.

Antes de começar qualquer sessão, independente daS ferramentas:

  • Saiba o que você quer de resultado daquela sessão;
  • Observe o resultado obtido durante e após a sessão;
  • Se algo der errado, vá mudando até atingir o resultado desejado. Tente novas abordagens, às vezes radicalmente diferentes, até conseguir o que você quer;
  • Use o humor se assim for preciso. O humor é uma ótima ferramenta.

Esses quatro itens finais te apoiarão na sua postura ideal. Quando sabemos exatamente o que queremos, torna-se mais fácil seguir as regras.

Comente aqui nesse artigo o que você descobriu. Vou adorar te conhecer.

 

 

Vamos juntos!


Deixe Aqui o seu comentário:

Você também pode gostar