O Avatar: Sendo encontrado pelo seu cliente ideal.

O avatar é o seu cliente ideal, é o público que está preparado esperando você vender algo par ele. Pode parecer mentira que esse público já exista, mas é a mais cristalina verdade! Ele já existe e espera por você. Basta você encontrá-lo.

Muitos Coaches me procuram para saber como encontrar clientes que estejam dispostos a pagar por um processo de Coaching. Esse é o primeiro passo e um dos mais difíceis para os Coaches: fechar processos pagos.

O segundo passo por incrível que parece é muito mais fácil que o primeiro: encontrar clientes que paguem muito bem por um processo de Coaching com você. Encontrar o seu avatar.

E o terceiro passo é de você escolher, como Coach quem você quer atender além do recebimento financeiro. Você precisa escolher o seu avatar.

 

Acredite, ao encontrar e escolher o seu cliente ideal você não vai mais precisar que te dêem o peixe e tão pouco precisar pescar, você vai fazer com que o peixe pule na sua rede.

 

O Marketing da Atração e o avatar

Resumindo: você vai começar a trabalhar com Marketing de Atração e fazer com seus potenciais clientes procurem por você e não ao contrário.

Chega um momento que somente o dinheiro não é o suficiente para que um cliente passe na minha seleção para receber o meu Coaching. Afinal de contas eu investi uma década de estudos, tempo, dinheiro, criação de métodos, mudança de mindset e muito mais. E por isso eu não trabalho somente pelo dinheiro. Os valores desse cliente precisam estar mutio alinhados com os meus.

 

Os três tipos de pessoas

Para chegar a esse patamar, você Coach que está começando a galgar a sua carreira, precisa entender que existem 3 tipos de pessoas em relação ao Coaching no mercado:

  1. Aquela que sabe que tem uma dor mas não tem a menor ideia que o Coaching é a solução. Esse não é o seu avatar.
  2. Aquela que sabe que tem uma dor e sabe que o Coaching é a solução.Esse pode ser o seu avatar.
  3. Aquela pessoa que tem uma dor e sabe que o SEU Coaching é a solução dela. Esse é o seu avatar.

Que tipo de público você precisa focar? No terceiro, certo? Mas para chegar até o terceiro você precisa gerar o passo a passo que eu coloquei nesse texto e ser persistente no inbound marketing.

Enquanto isso não acontece, você pode trabalhar com a transição entre o primeiro e o segundo público.

 

Como trabalhar com o primeiro e o segundo público?

  • anúncios de conteúdo no Facebook e Google (procure profissionais especializados)
  • faça postagens assíduas nos grupos e blog
  • faça parcerias
  • faça peer coaching
  • gere prova social (testemunhos verídicos que o seu trabalho é bom)
  • seja generoso e ofereça o melhor nas suas postagens e eventos
  • vá a eventos e faça networking
  • compartilhe o que você sabe sem parecer presunçoso.
  • Dê créditos

Seguindo esses passos você passará a chamar a atenção do tipo 2 de clientes e esse saberá que você é a solução do problema dele.

 

O que fazer com o público 1?

Não tente empurrar o seu Coaching para todas as pessoas que você pensa que precisam. Você se tornará chato e estará desperdiçando as energias e desfocando.

Foque em quem já está em busca e gere assertividade.

Inúmeros Coaches passam por essa dor de buscar pelos clientes ao invés de ser encontrado por eles e ‘empurrando’ o Coaching. Com o passar do tempo e as negativas esse Coach começa a achar que isso não é para ele quando na verdade estava somente focando no público alvo errado.

Se você quiser saber mais sobre como encontrar o seu avatar, ou seja, como atrair o seu cliente ideal, preencha essa aplicação que em breve entrarei com contato com você.

 

Como encontrar o cliente ideal?

A internet é um mar de informações e conexões. Se você, Coach está iniciando a sua carreira agora e deseja fazer isso com assertividade além de precisar estar na internet precisa colocar a internet a seu favor.

Não tem coisa mais chata do que empurrar propaganda na internet.

Ninguém, absolutamente ninguém na internet se interessa por quem não se interessa por ela ou por alguém que nunca conta uma história.

Sim, histórias e interesse.

Demonstre interesse e conte histórias que as pessoas vão começar a te seguir, comentar e principalmente compartilhar a sua mensagem.

Seguindo alguns passos simples você em pouco tempo correrá o risco de ter uma legião de pessoas ‘trabalhando’ pelo seu nome ao indicar o seu conteúdo e o seu trabalho para outras pessoas.

Como conseguir essa façanha de ter uma legião de pessoas compartilhando o que você diz?

  • conte a sua jornada de herói ( a sua história de superação)
  • tenha um inimigo em comum (o que você superou que o leitor também precise superar)
  • mostre-se humano e que você também tem ‘defeitos’ e se supera o tempo todo
  • compartilhe notícias positivas e não somente mensagens motivacionais
  • seja assíduo nas redes sociais
  • tenha uma comunicação autêntica e genuína com a sua audiência
  • faça vídeos de conteúdo que irão resolver algum problema do seu Coachee. Seja generoso. Generosidade é poder.

Seja persistente e siga esses passos que você verá as suas mensagens se espalhando pelo mundo rapidamente.

Dê o seu melhor para os seus prospectos (potenciais clientes) porque ou eles se tornarão seus clientes ou trarão os clientes até você.

 


Deixe Aqui o seu comentário:

Você também pode gostar